Procedimentos

Fleboestética

Fleboestética consiste na área da cirurgia vascular que abriga técnicas modernas para o tratamento de cada fase de doenças varicosas, combinando saúde vascular e melhor resultado estético possível. As intervenções são minimamente invasivas, podendo o paciente retornar as suas ocupações em 24 horas.

O planejamento de cada tratamento é realizado de forma individualizada considerando o tipo de pele, quantidade de vasos e objetivo a ser alcançado, buscando proporcionar a maior satisfação do paciente possível.


Cirurgia de Varizes

A cirurgia de varizes é indicada em casos em que o paciente apresenta alto risco de manchas após a utilização da espuma, portadores de veias muito calibrosas e principalmente se forem nutridas pela safena. As contraindicações na maioria das vezes são de origem clínica, como pacientes portadores de diabetes descompensada, cardiopatas, hepatopatas, pneumopatas, pacientes em tratamento de neoplasias, etc.

O procedimento acontece de maneira rápida podendo ser realizado anestesia local em pequenos segmentos de dilatação ou anestesia venosa, recorrendo a técnicas menos invasivas como endolaser ou a cirurgia convencional.

A recuperação dura em média sete dias, sendo necessário exercícios no pós-operatório como caminhada e no período de repouso deve-se manter os membros inferiores elevados. Para saber se o seu caso necessita intervenção cirúrgica, procure o angiologista de sua confiança. Somente poderá analisar e indicar o melhor tratamento.


Crioescleroterpia

A crioescleroterpia é recomendada para o tratamento de varizes que possuem calibre menor do que 2mm e estão dispostas sob a pele de forma linear e sinuosa assemelhando-se a uma teia de aranha.

O tratamento consiste na associação de jato de ar gelado e injeções de glicose que em contato com a superfície da pele reduz a sensibilidade e dispensa a anestesia. O paciente poderá retornar a rotina logo após as sessões não esquecendo de seguir as orientações médicas.


Endolaser

Método recente e menos traumático, o endolaser consiste em disparos dos pulsos de laser que resultam na cauterização e obliteração do vaso, proporcionando o tratamento para varizes mais calibrosas, especialmente as safenas. O procedimento é guiado por ultrassom e apresentam múltiplas vantagens, dentre elas o retorno precoce as atividades profissionais, anestesia local, não deixa cicatrizes e é mais estético.

Ao perceber o aparecimento das primeiras varizes, procure um cirurgião vascular e receva as orientações sobre cuidados, prevenção e como evitar que o problema ganhe maiores proporções.


Escleroterapia

Denomina-se escleroterapia a técnica não cirúrgica utilizada para o tratamento de varizes consistindo na destruição química por meio de secagem dos vasos através de injeções com medicação esclerosante. Em casos que os vasos se encontram mais resistentes, as veias podem não desaparecer por completo na primeira sessão, porém é possível notar o seu clareamento e melhora em sua aparência.

O procedimento leva em média 20 minutos, devendo ser usado o curativo compressivo por 48h após as aplicações. Para garantir a eficácia do tratamento é indispensável seguir as orientações médicas.


Escleroterapia de Varizes com Espuma

Uma das principais vantagens desta técnica se dá pela ausência de cortes e necessidade internação, podendo o paciente retornar para a casa no mesmo dia. A técnica caracteriza-se pela injeção de substância que forma uma espuma densa no interior das varizes que ao entrar em contato com a parede da veia, dará início a um processo inflamatório importante que tem por objetivo obstruir a veia doente.

Com rápida recuperação, é recomendado que o paciente evite exposição ao sol e faça uso do protetor solar, por pelo menos 30 dias evitando manchas escuras nas varizes em tratamento.


Escleroterapia de Varizes com Espuma guiada por Ultrassom

Utilizado no tratamento de varizes mais grossas que, antes, só poderiam ser resolvidas com cirurgia convencional, a técnica de escleroterapia com espuma guiada por ultrassom consiste na mistura de ar com líquido esclerosante injetado na veia com auxílio de duas seringas conectadas entre si, promovendo o ressecamento das veias devolvendo às pernas o aspecto de antes.

A necessidade do apoio de um ultrassom, se dá ao fato de que veias calibrosas podem estar conectadas ao sistema principal, aumentando o risco de complicações como trombose e embolia pulmonar.

O procedimento dispensa internação e anestesia podendo ser realizado no próprio consultório. O número de sessões necessárias será definido pelo cirurgião vascular de sua confiança.


Microcirurgia de Varizes

Procedimento que utiliza anestesia local, a microcirurgia de varizes consiste em uma técnica simples e segura onde realiza-se pequenas incisões para a remoção de pequenas veias, não sendo necessário qualquer tipo de sutura.

O paciente poderá retornar para casa imediatamente após o procedimento sendo indispensável o repouso por dois dias.

Sua saúde está em boas mãos!